sábado, 7 de setembro de 2013

Cuidado com as unhas

Durante a quimioterapia e radioterapia, a pele costuma ficar mais seca e frágil que o habitual. Com as unhas não é diferente e elas precisam, também, de cuidados especiais. Quem me conhece sabe que sempre fui apaixonada por esmaltes e produtos para as unhas e durante meu tratamento não deixei essa paixão de lado. Além de dar um up no visual, unhas bem tratadas dizem muito a respeito do nosso estado nutricional.


Apesar da minha fissura por esmaltes e afins, durante tive alguns cuidados indispensáveis para quem vive de baixas na imunidade e em contato frequente com o ambiente hospitalar.

1. Tamanho das unhas
Gosto de unhas de tamanho mediano: nem curtas demais, nem a lá Zé do Caixão... Como unhas grandes acumulam muita sujeira, o ideal é que fiquem pelo menos rentes ao dedo, evitando infecções. 


2. Hidratação
Já disse em outro post que adoro usar Bepantol para hidratar as unhas. Esse cuidado tão simples foi fundamental para minhas unhas não se esfacelarem com a quimioterapia. Também fiz uso de uma cera nutritiva da Granado que, além de hidratar, evita o aparecimento daquelas manchas amareladas ou escurecidas. Outro super achado foi o Mavala Cuticle Cream. O preço é salgado, mas os resultados são incríveis.



3. Ventilação
Esmaltes são lindos e irresistíveis mesmo, mas sempre que possível é bom deixar a unha "respirar". As camadas de esmalte impedem a perfeita ventilação, favorecendo a cor amarelada e o enfraquecimento das unhas. 


4. Conforto
Evite sapatos apertados. O atrito intenso das unhas com calçados desconfortáveis fragiliza sua implantação nos dedos, podendo gerar unhas encravadas e inflamadas. Já pensou? Conforto e praticidade em primeiro lugar. 


5. Cutículas
Sempre amei tirar a cutícula, apesar de saber do seu fator protetor. No entanto, durante a quimioterapia, as cutículas se desenvolvem muito pouco, tornando-se quase imperceptíveis. Vez ou outra, acertava as pontinhas espetadas. O ideal é que elas fiquem lá... usei muitos cremes removedores para "empurrar" a cutícula. O resultado é ótimo e os benefícios melhores ainda: sua unha pode ficar bonita e protegida.


6. Esmaltes
Dispensa muito comentário. Sou fã mesmo e não vivo sem. Nos últimos anos, suas diversas cores, texturas e tipos de cobertura são cuidadosamente pensados para agradar o público feminino. Uma febre, que mulher nenhuma recusa... 


Gosto muito de esmaltes escuros, do vermelho, passando pelo café e chegando ao preto. Além de lindos, ajudam a disfarçar as unhas amareladas. Mas os tons claros também são lindos e tem hora que caem muito bem. Gosto de usar escuro nas mãos e claro nos pés, mas essa é uma regra que não se aplica a todas as pessoas e as opções são livres. Para quem é super alérgico, a linha hipoalergênica é excelente opção, apesar do preço mais alto. As cartelas de cores trazem muitas opções.





7. Evite o uso de acetona
Removedores de esmaltes à base de acetona podem estragar as unhas, deixando-as esbranquiçadas. Prefiro os lenços removedores, que possuem fórmula especial capaz de hidratar e evitar que as unhas quebrem com facilidade.


8. Tenha seu próprio material
Parte super importante do cuidado às unhas, não é mesmo, gente? Seu material de beleza é seu material de beleza. Alicate, lixas, cortadores e por aí vai... Se esse cuidado é indispensável para quem não faz nenhum tratamento de saúde, imagine para quem faz quimioterapia. Então, tenha seu próprio kit.


E se jogue...


Bjo, bjo, bjo.

4 comentários:

  1. Parabéns,adorei seu post, as informações serão muito úteis, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Bete! Cuidar das unhas é sempre muito bom mesmo. Seja sempre bem-vinda por aqui! Bjos.

      Excluir
  2. Isabela Lima Oliveira8 de setembro de 2013 17:12

    adorei!!! Onde eu compro a cera da Granado? :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooii, Bela! Essa cera é show e aqui em Montes Claros vc encontra em farmácias ou na Casa do Cabelereiro. Ou então na internet...
      Bjooos.

      Excluir